segunda-feira, 30 de março de 2009

[Filmes] - Será que ele é? (In & Out com Kevin Kline e Tom Selleck)

Filme muito legal..bem, lógico que como quase tudo na vida é relativo, tem que gostar do genero pastelão, e eu gosto...


sábado, 28 de março de 2009

[Tolices] - Canto para minha morte

Ontem, acho que pela primeira vez pensei na “morte” de verdade, e pasmem descobri que eu vou morrer, foi uma sensação estranha, eu sei que é uma certeza, talvez a única das certezas da vida, mas pela primeira vez me sôo estranho, bem também de quebra me fez lembrar de uma musica do Raul Seixas “Canto para minha morte”, que retrata bem esse conflito vida e morte, bem na pior das hipóteses acho que estou na metade da vida, o que não chega a ser um consolo..rs

Canto Para A Minha Morte
Raul Seixas

Composição: Raul Seixas / Paulo Coelho

Eu sei que determinada rua que eu já passei
Não tornará a ouvir o som dos meus passos.
Tem uma revista que eu guardo há muitos anos
E que nunca mais eu vou abrir.
Cada vez que eu me despeço de uma pessoa
Pode ser que essa pessoa esteja me vendo pela última vez
A morte, surda, caminha ao meu lado
E eu não sei em que esquina ela vai me beijar

Com que rosto ela virá?
Será que ela vai deixar eu acabar o que eu tenho que fazer?
Ou será que ela vai me pegar no meio do copo de uísque?
Na música que eu deixei para compor amanhã?
Será que ela vai esperar eu apagar o cigarro no cinzeiro?
Virá antes de eu encontrar a mulher, a mulher que me foi destinada,
E que está em algum lugar me esperando
Embora eu ainda não a conheça?

Vou te encontrar vestida de cetim,
Pois em qualquer lugar esperas só por mim
E no teu beijo provar o gosto estranho
Que eu quero e não desejo,mas tenho que encontrar
Vem, mas demore a chegar.
Eu te detesto e amo morte, morte, morte
Que talvez seja o segredo desta vida
Morte, morte, morte que talvez seja o segredo desta vida

Qual será a forma da minha morte?
Uma das tantas coisas que eu não escolhi na vida.
Existem tantas... Um acidente de carro.
O coração que se recusa abater no próximo minuto,
A anestesia mal aplicada,
A vida mal vivida, a ferida mal curada, a dor já envelhecida
O câncer já espalhado e ainda escondido, ou até, quem sabe,
Um escorregão idiota, num dia de sol, a cabeça no meio-fio...

Oh morte, tu que és tão forte,
Que matas o gato, o rato e o homem.
Vista-se com a tua mais bela roupa quando vieres me buscar
Que meu corpo seja cremado e que minhas cinzas alimentem a erva
E que a erva alimente outro homem como eu
Porque eu continuarei neste homem,
Nos meus filhos, na palavra rude
Que eu disse para alguém que não gostava
E até no uísque que eu não terminei de beber aquela noite...

Vou te encontrar vestida de cetim,
Pois em qualquer lugar esperas só por mim
E no teu beijo provar o gosto estranho que eu quero e não desejo,mas tenho que encontrar
Vem, mas demore a chegar.
Eu te detesto e amo morte, morte, morte
Que talvez seja o segredo desta vida
Morte, morte, morte que talvez seja o segredo desta vida

quinta-feira, 26 de março de 2009

segunda-feira, 23 de março de 2009

[Tolices] - Velha Infância


Outro dia estava conversando com uns amigos e pra variar “coisas do meu tempo” vieram a tona, desta vez foi os brinquedos ou brincadeiras que costumávamos brincar. Não sei como eram outros bairros mas sempre morei em periferia e essas brincadeiras sempre estiveram presentes. Não estou dizendo de jogos ou brinquedos clássicos como Genius, Io-Io, Atari, Aquaplay, Dama/Trilha, Jogo da Vida, Detetive e tantos outros, eram brincadeiras de rua mesmo.

Tocar a Campainha:
Chega a ser ridículo, mas a emoção de apertar a campainha da casa dos outros e sair correndo, gente que adrenalina, confesso que era muito emocionante. Os vizinhos não gostavam muito não e obviamente a reclamação aparecia um tempo depois.

Estrela-nova-cela
Tem outros nomes por ai, tinha o mestre que dava as ordens depois de pular a “cela”, que era o castigado caso não conseguisse obedecer as ordens.

Jogar “taco”
O Baiseball brasileiro, esse brincadeira só perdia pro futebol pros meninos, era muito legal, o difícil era conseguir uma ‘bolinha de tênis’, ninguém tinha poder aquisitivo pra comprar uma bolinha dessas, era sempre presente de aniversario ou coisa assim, e sempre acabava o jogo quando caia na casa de algum “velho rebugento” que não teve infância e cortava nossa bolinha ou dava pro cachorro comer...

Rebatida
Jogo com uma trave onde duas duplas disputavam um futebol, onde o maior valor era fazer o gol com uma bola rebatida na trave, gol direto valia um, gol com bola batida na trave valia 4, no travessão 8 e assim por diante.
Eram tantas as brincadeiras, “roba-bandeira”, policia e ladrão, queimada e tantos outros que não lembro agora...

Mas que me fazem recordar com muita alegria a minha velha infância.

sexta-feira, 20 de março de 2009

[Tolices] - E daí?

sim - muitas vezes eu errei em muitas escolhas na vida, e dai?
sim - muitas vezes eu fui egoísta, e dai?
sim - muitas vezes eu quis voltar atrás, mas não voltei, e dai?
sim - muitas vezes eu quis dizer sim, mas disse não,e dai?
sim - muitas vezes eu quis chorar, mas dei risada, e dai?
sim - muitas vezes eu quis machucar, mas saí machucado, e dai?
sim - muitas vezes eu quis dizer que te amo, mas o fiz, e dai?
nao - não é por você, é por mim, eu sou egoísta, e dai?

[Humor] Achemed o terrorista morto (Legendado)

quarta-feira, 18 de março de 2009

[InfoTech] - Download de mp3

Você esta cansado de esperar pelos downloads no Kazaa, Emule, Ares,Limewire e etc?? então antes de usar esse programas tenta dar uma pesquisada no site www.4shared.com, este site é um espécie de HD virtual onde milhares de pessoas "guardam" seus arquivos e que podem ser compartilhados com outros usários o processo é bem simples e muito mais rápido que os sistemas citados acima, vale a pena dar uma conferida:

1) acesse o site do 4shared




2) Pesquise o arquivo desejado, detalhe para pesquisar discos completos não coloque a extensão ".mp3", normalmente os arquivos vem compactado no formato .zip ou .rar. Neste exemplo estamos pesquisando a música Yesterday dos Beatles.



3) Vão aparecer provavelmente vários links, clique no que deseja baixar e aguarde a contagem dos segundos que varia de 10 a 50 segundos





4) Após o final da contagem o link vai aparecer para fazer o download imediatamente





simples assim...
fui

terça-feira, 17 de março de 2009

[Humor] Porque não pensei nisto antes....

Fico imaginando o que mais vão "querer" inventar sobre os Beatles..rs

Suco de Beatles

Ter, 17/03/09
por Denise Dalla Colletta |

Nada melhor que um Beatle Juice para refrescar o calor desses dias, o nome lembra o nome de um filme de Tim Burton, “Beetle Juice”, de 1988, que significa“suco de besouro”. O designer americano Marc Valega prefere a suco de Beatles (sim, a banda, e nós também) e criou caixinhas de suco bem divertidas com os nomes dos integrantes da banda.

beatlejuice.JPG

Você pode escolher entre os sabores: John Lemon (limão), George Pearrison (Pêra), Mango Starr (manga) e Apple McCartney (apple deve ser lido como “é-poul” para ter graça). Infelizmente, esses sucos não existem, imagine o quanto custaria para vender sucos com a marca dos Beatles? Mas, com certeza, venderia muito!!


fonte:www.globo.com


segunda-feira, 16 de março de 2009

[InfoTech] - "Eles" conseguiram..fecharam a comunidade "Discografias"


Era uma das maiores comunidades do orkut, milhares de usuários de 2005 compartilhavam musicas por esta comunidade, é verdade existem outras...mas nenhuma tão organizada como a "Discografias" , todos os estilos de músicas classificadas por nomes de "0" (zero) a "Z", ja comentei sobre o que eu acho sobre a discussão dos "direitos autorais", hoje é só o registro deste triste dia..
mas detalhes aqui na matéria da folha de São Paulo. E agora fico pensando, sera que eles acreditam que com atitudes deste tipo vão fazer as pessoas "comprarem" os contéudos baixados? lembrei-me do velho Napster, o início de tudo, e depois vieram tantos outros.

sábado, 14 de março de 2009

[Tolices] Paulo Coelho - Da Indiferença

Da indiferença

“Um momento não é um dia”, diz Ângela Chimello, lembrando a história de uma mulher que - ao acordar, reparou que estava frio, e colocou um cobertor sobre o marido ainda adormecido.

Mais tarde o sol esquentou o dia, e o homem despertou suando em bicas.

Irritado, chamou a mulher para perguntar quem tinha feito a tolice de cobri-lo num dia tão quente.

Por causa de um pequeno detalhe, geralmente fruto de cuidado ou carinho, terminamos por nos transformar em juízes implacáveis de nosso próximo.

Agimos como se, vendo apenas parte de um filme, pudéssemos saber toda a sua história.


resenha:

Quantas vezes me vi fazendo este tipo de julgamento, e só depois descobri que estava errado e pior do que isto, apenas algumas vezes me desculpei pelo ocorrido, bem ao menos tenho consciência que errei...mas procuro sempre acertar... o que por si só ja é um erro.. mundo complicado...fui


[InfoTech] - Quer tentar a sorte?

Dicas pouco convencional para resolver alguns problemas de tecnologia que você nao tinha antes de inventarem a 'tecnologia' , rsrsrs
o cartão magnetico não lê, o celular caiu na agua? acabou a tinta da impressora? veja como resolver isso...

Aprenda truques simples para resolver problemas tecnológicos

Dicas aumentam carga do celular e fazem cartucho da impressora render.
Veja também como proceder na próxima vez que o telefone cair na privada.

Do 'New York Times'


Problema ao passar o cartão de crédito pode ser resolvido com um saquinho plástico. (Foto: Divulgação )

Por trás da caixa registradora da tabacaria no 2 no centro de São Francisco, Sam Azar passa o cartão de crédito de um cliente que compra cigarros turcos. A máquina de cartões da loja não consegue ler a faixa magnética. Azar passa de novo, e de novo, sem sucesso. Quando uma fila começa a se formar, ele pega um saco plástico embaixo do balcão. Embrulha o cartão com o plástico e passa de novo. Sucesso. A venda está realizada.

“Não sei como funciona, só sei que funciona,” diz Azar, que aprendeu o truque anos atrás com outro atendente. A Verifone, empresa que fabrica as máquinas leitoras, não confirma ou nega que o saco plástico funcione. Mas essa é uma entre muitas soluções de baixa tecnologia para falhas tecnológicas, que pessoas sem diplomas de engenharia descobrem, muitas vezes por desespero, e compartilham.

A instável economia atual faz com que a criação desses truques seja muito mais provável. “No Japão do pós-guerra, a economia não ia muito bem, e você não conseguia itens de uso diário como panos de limpeza,” diz Lisa Katayama, autora de “Urawaza,” um livro com nome emprestado de um termo em japonês que designa truques e dicas para um modo de vida inteligente. “Então as pessoas buscavam maneiras de se virar com o que tinham.”

O urawaza popular inclui recolher cacos de vidro do chão usando uma fatia de pão, ou colocar plantas numa fralda ensopada de água para mantê-las hidratadas durante uma viagem de férias.

Alguns truques, como o saco plástico de Azar, são abertos a discussões sobre seu funcionamento, ou se eles realmente funcionam. Mas muitas soluções tecnológicas caseiras podem ser explicadas por um pouco de ciência.

Carga de celular

Bolso pode esquentar o celular, fazendo com que a bateria dure menos. (Foto: Divulgação )

Se o seu aparelho celular descarrega a bateria rápido demais enquanto permanece sem uso no seu bolso, parte do problema pode ser que seu bolso é quente demais.
“Baterias de telefone celular realmente duram mais se mantidas frias,” diz Isidor Buchanan, editor do site Battery University. O calor de 37 graus Celsius do corpo humano, transmitido através de um bolso de tecido para um celular dentro dele, é suficiente para acelerar os processos químicos dentro da bateria do telefone. Isso faz com que ela se esgote mais rapidamente. Para manter o telefone mais frio, carregue-o em sua bolsa ou no cinto.

Esse mesmo método pode ser usado para preservar sua bateria caso você se veja longe de casa sem o carregador. Desligue o telefone e deixe-o na geladeira durante a noite para desacelerar a tendência natural da bateria de perder sua carga.

Alarme do carro

Suponha que o alarme para abertura de seu carro não tenha o alcance para chegar ao veículo, do outro lado do estacionamento. Encoste a parte de metal de seu chaveiro no queixo e aperte o botão para destravar. O truque transforma sua cabeça numa antena, diz Tim Pozar, um engenheiro de rádio do Vale do Silício.

Pozar explica: “você está unindo o chaveiro à sua cabeça. Com todos os fluidos em sua cabeça, ela acaba sendo um bom condutor. Não é dos melhores, mas funciona.”

Cartucho de tinta seco

Secador de cabelo amolece tinta, fazendo com que o cartucho da impressora renda mais. (Foto: Divulgação )

Se o cartucho de sua impressora acabar perto do fim de uma impressão importante, remova o cartucho e passe um secador de cabelo sobre ele por dois ou três minutos. Então coloque o cartucho de volta e tente imprimir de novo, enquanto ele ainda está morno.

“O calor do secador aquece a tinta endurecida e faz com que ela flua através dos pequenos bocais dentro do cartucho,” diz Alex Cox, engenheiro de softwares de Seattle. “Quando o cartucho está quase acabado, aqueles bocais muitas vezes ficam praticamente entupidos com tinta seca, então ajudar a tinta a fluir fará com que ela saia.” O truque do secador de cabelo pode conseguir algumas páginas a mais de um cartucho, depois que a impressora informou que ele está vazio.

Celular na privada

Poderia acontecer com qualquer um derrubar o celular na privada. Remova a bateria imediatamente, para evitar que curtos-circuitos elétricos fritem os frágeis componentes internos de seu aparelho. Então, limpe o telefone gentilmente com uma toalha e enterre-o num pote cheio de arroz cru.

Foto: Phil Marden/New York Times

Se o celular cair na privada, bateria deve ser removida imediatamente. Depois de limpo, o aparelho vai para um pote cheio de arroz cru. (Foto: Phil Marden/New York Times)



Isso funciona da mesma maneira pela qual você coloca alguns grãos de arroz em seu saleiro para manter o sal seco. O arroz tem uma grande afinidade química com a água – isso significa que as moléculas do arroz possuem uma atração quase magnética por moléculas de água, que serão sugadas pelo arroz ao invés de continuar dentro de seu telefone.

Trata-se de uma versão de baixa tecnologia dos pacotes dissecantes que algumas vezes vêm dentro da caixa do próprio telefone, para manter a umidade longe dos circuitos durante envio e armazenagem.

Maior alcance Wi-Fi

Se o seu roteador Wi-Fi não alcança o outro lado da casa, não saia correndo para comprar mais dispositivos wireless para esticar sua rede. Em vez disso, construa um refletor de ondas de rádio passivas de 15 centímetros de altura usando itens da cozinha, como uma folha de papel alumínio.

Siga as instruções em freeantennas.com/projects/template. Coloque o refletor finalizado – um pequeno e curvado pedaço de metal que reflete ondas de rádio assim como uma antena parabólica – atrás de seu roteador Wi-Fi. O refletor foca a energia do roteador em uma direção – diretamente à outra ponta da casa –, em vez de deixá-la dissipar sua força num círculo completo. Sem cabos, sem baterias, sem conhecimento técnico. Mas pode facilmente dobrar o alcance de sua rede.

Discos sujos

Você precisa limpar um CD ou DVD imundo, mas como é solteiro, não tem aqueles fluidos de limpeza da mamãe? Ensope um pano com vodka ou anti-séptico bucal.

Foto: Divulgação

Vodka ou anti-séptico bucal podem limpar CDs e DVDs. (Foto: Divulgação )

O álcool é um poderoso solvente, perfeitamente capaz de dissolver impressões digitais e manchas da superfície de um disco. Uma garrafa de Listerine de R$ 10 no seu armarinho do banheiro pode fazer o serviço tão bem quanto uma garrafa de R$ 75 de fluido de limpeza de DVD. Além disso, esfregar sua cópia de “Rambo” com vodka, em vez de limpá-la com um fluidozinho, é muito mais másculo.

Flash demais

Se o flash embutido da câmera de seu celular é brilhante demais e deixa as fotos lavadas, prenda um pequeno pedaço de papel sobre o flash. Experimente com diferentes cores e espessuras de papel para reduzir o tom do flash, de superbrilhante a uma iluminação mais agradável para fotos noturnas.

Falha no disco rígido

Se – ou quando, melhor dizendo – o disco rígido de seu PC quebrar e não puder ser lido, não seja tão rápido em jogá-lo fora. Deixe-o no freezer durante a noite.

“O truque é uma técnica de recuperação real e comprovada, mesmo sendo um último recurso, para alguns tipos de problemas de disco rígido que, de outra forma, seriam fatais,” escreve Fred Langa em seu site Windows Secrets.

Muitas falhas de disco rígido são causadas por peças gastas que não se alinham mais corretamente, fazendo com que o disco não consiga ler os dados. Baixar a temperatura do disco faz com que seus componentes internos de metal e plástico se contraiam levemente. Retirar o disco do freezer e retorná-lo à temperatura normal pode fazer com que essas peças se expandam novamente.

Isso pode ajudar a libertar peças grudadas, explica Langa, ou pelo menos deixar um componente elétrico com falha dentro das especificações tempo o suficiente para que você recupere seus dados essenciais.

Esse é o espírito das soluções folclóricas: eles podem ou não funcionar, mas o que temos a perder?



fonte www.globo.com aqui

sexta-feira, 13 de março de 2009

[Tolices] Paulo Coelho - Da Alegria

Da alegria

Postado por Paulo Coelho em 13 de março de 2009 às 00:05

Um momento de alegria aparece. Está ali, esperando para ser vivido.

Mas não fazemos nada. O momento de alegria acha que talvez não o tenhamos percebido. Então passeia diante de nossos olhos, e aguarda nosso sorriso de compreensão.

De novo, ficamos imóveis.

“O que se passa?”, pergunta o momento de alegria.

“Não sei”, respondemos. “Talvez o medo de que você não volte”.

“E, mesmo que isto aconteça, o que você tem a perder?”.

“A paz de espírito”, continuamos.

Com a cabeça baixa, o momento de alegria se afasta. E continuamos com a nossa paz de espírito - aquela paz das tardes de domingo, que ninguém sabe exatamente para que serve, nem o que fazer com ela.

[Tolices] - Falar a Verdade


Estava pensando em uma conversa (discussão) que tive com alguns amigos, sobre falar a verdade, tipo quero dizer a verdade mesmo, nua e crua e detalhe, sempre!!!! é muito difícil não deve existir um ser que consiga tal façanha. O engraçado desta historia é que não necessariamente você "mente" por mentir, é aquela velha brincadeira de "ocultar a verdade" até pra manter a amizade ou o bom ambiente social. Imaginem você criticando aquela roupa horrível de um amigo, ou dizendo a verdade porque não foi a tal lugar (só porque você estava com um preguiça gigante), e mais fácil dizer que tive "outro compromisso". Acho que não da pra viver sem contar umas mentirinhas não, pra fechar o assunto tenho um amigo evangélico que diz que "nunca" mentiu, o que pra mim já é uma mentira...rsrs...
Conclusão: essa discussão não leva a absolutamente a lugar nenhum...kkkk
fui
[[;)]]

terça-feira, 10 de março de 2009

[InfoTech] - Fonte com a sua letra


Transforme sua letra de mão em uma fonte para o computador
Basta preencher uma tabela. O site faz o resto por você.
Com este site AQUI, basta preencher uma tabela com o alfabeto escrito à mão, scannear e fazer o upload. O resto é por conta deles. Em instantes, será disponibilizada a sua própria fonte, com a sua letra à mão. Aí, basta que você a associe ao seu sistema operacional (Windows, ou Mac, ou Linux) para utilizá-la em todos os aplicativos que você quiser.

Assista ao vídeo e acompanhe o passo-a-passo!

fonte: www.olhardigital.com.br

[Tolices] Vale a pena casar?


Engraçado como acabamos achando textos, que antes passariam despercebidos né? tudo é uma questão de "estado de espírito" mesmo!! Eu sinceramente acho que o casamento é uma instituição em falência...mas tem muita gente tentando me mostrar o contrário..rsrs

Vale a pena casar?
02/03 - 11:21hrs
Homens de várias idades respondem a essa grande dúvida masculina: as vantagens compensam dizer "sim"?

Vladimir Maluf

Dizer “sim” na frente do padre, do juiz ou mesmo decidir morar junto com uma mulher, certamente, não é uma decisão simples. A vida a dois tem suas vantagens e desvantagens. E, afinal, fazendo um balanço, será que vale a pena casar? Para saber o que os homens pensam sobre o matrimônio, convidamos uma turma de diferentes idades, que fala sobre cada fase da vida: desde os mais jovens, quando a maioria vive muitos flertes, aos mais maduros, quando muitos deles têm um casamento sólido.

Aos 20 anos

“Casamento na igreja, para mim, é um porre e desnecessário. Acho legal duas pessoas viverem juntas, ter uma vida a dois, mas essa formalidade toda é cafona”, diz Eduardo Garcia, estudante de 19 anos. “Viver junto eu acho bacana, para ter uma companhia, mas nessa altura da vida eu não quero isso Num futuro distante, sim”, afirma ele, que vê a hipótese remota de adiantar seus planos. “Só se eu conhecer alguém que me interesse muito, senão, vai demorar”.

Aos 25 anos

Edson Xavier, de 25 anos, diz que, quando imagina o futuro, pensa em outra coisa antes do casamento. “Eu quero me casar, ter com quem dividir a vida, os problemas, ter uma mulher para cuidar e que cuide de mim. Mas eu não tenho medo de ficar solteiro. O que eu me preocupo mais é não chegar a ser pai”, diz o estudante. “Não gostaria agora, mas, mesmo que acontecesse, eu adoraria. O ideal é encontrar uma mulher para criarmos o nosso filho. Eu ainda acho que, para casar, tem que ser quando a gente tem a sensação de que vai durar para sempre”.
Aos 30 anos

“Casar é bom. Se precipitar na hora de tomar esta decisão é que é um erro”, diz Marcio José Milhan, que se separou há 6 meses, depois de 11 anos de casado. “Existem mil conselhos para não cometer esse erro, mas, no fundo, acho que não dá para ter certeza nunca”, diz o supervisor de desenvolvimento de 33 anos, que, mesmo depois da separação, continua acreditando que vale a pena. “O casamento, quando é um compromisso baseado no amor, é muito bom. Com certeza me casaria de novo. Mas me certificaria que amo essa mulher o suficiente para nunca perdê-la”.

Aos 40 anos

Luciano* diz que está satisfeito por estar casado, mas que se decepcionou um pouco. “Depois de quase 10 anos de casado, as coisas são muito diferentes: já existe uma intimidade tão grande que a sedução acaba, pois parece meio ridícula. Com isso, o sexo não é o mesmo”, reclama ele, que assume que a culpa disso é dos dois. “Quando me casei, estava perdidamente apaixonado. Pensei que esse sentimento duraria para sempre, mas acabou. Eu amo muito a minha mulher, mas, hoje em dia, é algo mais tranquilo. Não é aquela loucura”.

E o engenheiro acredita que esse é o motivo de muitas separações. “Acho que quando os casais não percebem que a paixão tem prazo de validade, e os sentimentos mudam, é que o casamento acaba”. Mas apesar da saudade dos tempos de paixão, ele diz que há outras vantagens na maturidade de um relacionamento. “Vêm os filhos, que dão uma alegria indescritível, e você sofre menos: não tem mais aquela insegurança ou ciúmes bobos”.

Aos 50 anos

O empresário Arnaldo* diz que casar, principalmente se for pela segunda vez, depende de duas condições. “Basicamente, estar apaixonado e convencido que você é incapaz de se autogovernar. Isso pode parecer uma piada, mas é verdade”, diz o homem de 52 anos que casou, separou, curtiu um pouco a solteirice e casou novamente aos 47 anos. Para ele, entre os 40 e os 50 anos, o homem vive a segunda adolescência.

“É bom viver essa fase, e, dessa vez, com dinheiro. Só que isso é meio ridículo, em geral você começa a fazer besteiras. Um adolescente de 45 anos tem dinheiro, carro e não tem pais controlando. Acho que eu não teria sobrevivido se não tivesse me casado novamente”, conta. “Mesmo assim, para dar certo, tem que se apaixonar. Viver solteiro é muito melhor do que viver casado. Compensa quando existe amor”.

Aos 60 anos

“Se vale a pena casar? É uma pergunta complicada, pois depende de cada momento da vida. Mas, no geral, sim”, diz Antônio Paulo Maluf, que acredita que, mesmo casado, muitas coisas continuam sendo encaradas sozinho. “Dividir, na maioria das vezes, é bom. Mas nem tudo pode ser dividido. A gente divide a vida em parte”, afirma o aposentado de 59 anos. E ele vê muitos lados positivos. “A companhia, os sentimentos diversos, a comodidade, uma certa segurança, filhos e o sexo, por exemplo”. Mas há o lado ruim. “A interferência, a falta de privacidade e rotina”.


* Os nomes foram alterados a pedido dos entrevistados

matéria publicada no IG Estilo veja aqui texto original

sábado, 7 de março de 2009

[Humor] - Obamis


sensacional... nao sei quem é o autor (só pra variar) , mas é sensacional
viva ao nosso Obamis

[Tolices] - Super Herói Americano - Seriado

me desculpem o saudosismo...mas eu adorava esse seriado, alias eu adoro seriados, perco meu precioso tempo assistindo varios deles...depois eu comento outros que assisto ou assisti..

quinta-feira, 5 de março de 2009

[Humor] Corinthians não!!!

é uma sacanagem com o meu time...mas é engraçado

terça-feira, 3 de março de 2009

[Tolices] - Considerações sobre o tempo

Este comercial é do Governo Federal sobre "Doação de orgãos" , confesso que essa parte tão nobre nao me chamou tanta atenção quanto a relação tempo x satisfação , tempo x valor do tempo, de qual quer forma ficam as duas opções pra quem quiser né?
faça a sua escolha.
[[;)]]

video

Texto:

Cinco minutos caminhando na praia é pouco
cinco segundos caminhando sobre brasas é muito
Cinco minutos pra quem precisa dormir é pouco
Cinco minutos pra quem precisa acordar é muito
Um fim de semana de sol é pouco
Um fim de semana de chuva é muito
Um mês de férias é pouco
Um mês sem descanso é muito
Uma vida para quem doa é muito
Mas uma vida para quem espera é muito

[Tolices] - Eu canto errado...


Esse post me lembra aquela piadinha “Você gosta de cantar? Então porque não vai aprender a cantar direito!!” ..mas sempre cantei do jeito que eu entendia... e sinceramente nunca liguei muito pra isso não, quem canta os males espanta esse era o meu lema, mas falando em cantar errado eu nem estou falando das músicas do João Bosco, João Gilberto e afins...
Ha 10 anos atrás vi um site que se me lembro bem chama-se algo como "dibikini", que basicamente documentava essas perolas do cancioneiro popular as músicas que cantávamos de forma errada, o titulo do site era referente ao musica do Claudio Zoli - Noite de Prazer (Na madrugada a vitrola, rolando um blues Tocando B. B. King sem parar ou na versão "trocando de biquíni sem parar...rsrsrsrs)
Achei muito engraçado... e ao longo dos tempos fui descobrindo as pérolas que cantarolava..
Me lembro bem de duas...
Legião Urbana - Meninos e Meninas
Certo : Te fiz comida, velei teu sono. Fui teu amigo, te levei comigo
Minha Versão: Te fiz comida, velei teu sono. Fui teu amigo Shirley vem comigo...(eu nao entendia o que a Shirley tava fazendo la, mas tudo bem)
Cássia Eller - Malandragem
Certo: "... quem sabe o príncipe virou um *Sapo*..."
Minha Versão: "Quem sabe o príncipe virou um *Chato*..."
e por ai vai... são tantas emoções.....

[[;)]]fui

segunda-feira, 2 de março de 2009

[Música] O Som de hoje é...

Gosto da mistura dessas musicas com swing latino e gosto muito dessa banda Maná, que ouvi a primeira vez no disco do Cartos Santanna eles fizeram uma participação no CD na música "Corazon Espinado", mas o Maná tem muito mais pra mostrar...vale a pena conferir

ouça...