sábado, 2 de maio de 2009

[Tolices] - I Wanna be a rock star Final

Os ensaios eram maravilhosos, em cada ensaio a gente descobria algo novo, a famosa evolução natural da espécie, rsrs

Entre essas novas descobertas também fui descobrir como é difícil conciliar a vida “musical” com as outras família, estudo e namoro...algo ou alguém acaba ficando pra trás, infelizmente depois de um certo tempo cada um foi pro seu lado, ainda tenho contato com o Mikhail até hoje, os outros não vejo faz um bom tempo...
Mais uma vez gostaria de agradecê-los pelo carinho e atenção dispensada a este meu sonho realizado de tocar em uma banda, aos grandes amigos Marcus Mikhail, Dil, Cristiano,Ivan e Vaguinho obrigado por tudo...

Obrigado aos amigos que sempre prestigiaram os nossos ensaios e sempre nos deram apoio...

E pra terminar alguns amigos mais ortodoxos não entendem muito não, mas como já disse sou um cara eclético certo? Praticamente nos últimos meses da banda de rock, fui convidado por outro grande amigo Emerson pra tocar em uma banda de Pagode, pois é, e assim começou um novo grupo que durou alguns anos . Hoje em dia pelo menos uma vez por ano a gente se encontra pra fazer uns “Churrasgode”!

Eu e o Marcus já tentamos um “Mr. Kite Revival Acústico“ , mas ainda não conseguimos...mas vai sair....por enquanto a gente fica com essa “Só pra esquentar”..kkkkk

Born to be wild...


raro registro da "Bateria Azul"



Literalmente uma banda de garagem....

Um comentário:

Marcus Mikhail disse...

Quando esse revival acontecer, vamos contar todas essas histórias de novo e vai render postagens interessantes no blog.
Eu que agradeço à todos.
A família do Sidão por toda paciência. A Dona Leninha que foi uma segunda mãe para nós, pq entre outras coisas não nos deixou faltar o principal qdo estamos fazendo algo muitas vezes incompreendido: o respeito!
Todo isso atingiu um patamar que só quem estava lá poderia entender.
A técnica, o conhecimento musical, passou a ser apenas uma consequencia de nossas reuniões. Antes de tudo era importante estarmos juntos e por acaso rolava música também.
Tanto é verdade, que hoje não tocamos juntos e meu respeito pelos caras é tão grande quanto naquela época.
E ao lembrar disso com carinho, o Sidão demosntra o mesmo.
Essa foi a fase mais importante para mim em relação a música.

Obrigado vc meu amigo e sempre que lembro de todos me sinto um cara de sorte. Mas muita sorte mesmo!